Brilham no quintal

Brilham no quintal
Sobre os borrões das flores

Brilham no equilíbrio do espaço
Na ruptura do concreto
No corte do abstrato

Brilham saturando
A dimensão do mensurável
Com a pequenez do que é imenso

Brilham avivando
Minhas lentes à distância
De um olhar roubado

-Colibrilhos

Pedro Luiz Da Cas Viegas
Gravataí, 05 de setembro de 2012

Anúncios

Escreva sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: